Felipe Tavares

Trabalho para conciliar o desenvolvimento social com a inteligência dos sistemas vivos. Acredito que a sustentabilidade começa com uma mudança de pensamento e não de técnicas.
Trabalho para conciliar o desenvolvimento social com a inteligência dos sistemas vivos. Acredito que a sustentabilidade começa com uma mudança de pensamento e não de técnicas.
Listas

Listas

Nós adoramos listas.

Elas estão por toda parte. E apresentá-las em um formato circular não faz com que ela deixe de ser uma.

Uma lista é uma sequência de elementos estáticos isolados muitas vezes lineares ou desconexos.

É o caminho preferencial de um modelo mental específico. É o sintoma de uma inteligência cega e a aparência de uma racionalidade treinada para o reducionismo.

Mas acontece que o mundo é dinâmico e complexo.

Claro que as listas possuem espaço e importância. Ao ir ao supermercado, faça uma lista de compras ou corra o risco de faltar algo importante.

Mas ao energizar uma equipe, não faça uma lista de características desejáveis. Ao orientar um projeto, não se apegue a uma lista de resultados. Ao se aprofundar em alguma área do conhecimento, não faça uma lista das principais ideias e conceitos.

Não sem explorar o relacionamento que existe naquilo que você observa.

Precisamos de modelos mentais que nos ajudam a enxergar relacionamentos e propriedades que emergem a partir da interação.

A vida é relacionamento. E o relacionamento é resultado de forças voláteis de atração.

Precisamos de melhores formas de organizar o pensamento, precisamos de quadros conceituais sistêmicos e dinâmicos.

Podemos nos alfabetizar em abordagens capazes essencializar o mundo complexo em diagramas relacionais que carregam consigo o potencial de nos informar para além da nossa capacidade de formular perguntas.

Em listas nós somos especialistas. Precisamos agora enxergar além delas.

Foto: Masaaki Komori

Posted by Felipe Tavares in Texto rápido, 0 comments
E se pudéssemos?

E se pudéssemos?

A crise múltipla que estamos vivendo não vai a lugar algum tão cedo. O efeito dominó está em seu início e a crise econômica e política ainda vai se agravar bastante.

Quando a pandemia de Covid-19 começar a parecer algo do passado, estaremos perto de um próximo choque “inesperado”.

Eu gostaria de parecer otimista — de fato, me considero um — mas o otimismo cego nos mata de fome na fila do pão. Melhor o otimismo realista capaz de enxergar os sinais de um mundo desmantelado e ainda acreditar que podemos encontrar caminhos de resiliência e vitalidade.

Continue reading →

Posted by Felipe Tavares in Texto rápido, 0 comments
Integridade

Integridade

Estar em integridade é ser verdadeiro consigo mesmo.

Só é possível ser verdadeiro e caminhar em direção a esta virtude rara se tivermos um vislumbre de quem somos.

Esta visão, mesmo que singela, precisa refletir o eu autêntico — a essência livre de aparências e condicionamentos culturais.

Podemos dizer, então, que a falta de integridade é um efeito da falta de autoconhecimento.

É preciso saber quem somos e quem queremos nos tornar — ter uma visão clara que orientará os nossos caminhos — para então termos uma referência dos limiares da nossa integridade.

Alinhar-se com o seu eu autêntico é um processo que faz emergir princípios orientadores. Estes princípios fundamentam as nossas palavras e os compromissos que fazemos.

Assim, uma pessoa que está em integridade é alguém cujas palavras refletem os seus princípios que, por sua vez, expressam o seu eu autêntico.

Mas o que é autenticidade? Yasuhiko Genku Kimura coloca que ser autêntico é ser autor e autoridade da sua própria vida. Dessa forma, o seu eu autêntico é a expressão da sua essência a partir de um lugar de alto grau de soberania.

A força que sustenta a autenticidade é a mesma força que fará com que você se agarre aos seus princípios e sustente as suas palavras.

Caminhar com integridade em um contexto social doentio é um ato de valentia.

Olhar para dentro, revelar uma visão, incorporar princípios claros e sustentar as suas palavras é a revolução que você pode começar hoje.

Foto: Chris Ensay

Posted by Felipe Tavares in Texto rápido, 0 comments
O sentido de valor para a prática regenerativa

O sentido de valor para a prática regenerativa

“Valor” é uma palavra que merece ser melhor compreendida.

Diferente de preço, valor indica “a qualidade que faz com que algo se torne importante para alguém”. Apesar de muitas vezes reduzida ao caráter econômico, valor é uma medida de estima, apreço e utilidade.

Mas há muito mais nesta palavra do que a medida de importância. A etimologia da palavra valor está relacionada à palavra latina valere. Valere significa “ser vigoroso” ou “apresentar boa saúde”.

Ao resgatar este sentido, entendemos que algo gera valor quando é capaz de contribuir para o aumento da vitalidade e saúde de algo ou alguém.

Continue reading →

Posted by Felipe Tavares in Texto rápido, 0 comments
Sucesso pessoal

Sucesso pessoal

Uma das grandes ilusões da humanidade é a ilusão da separação. Acreditamos estar separados uns dos outros e do ambiente em que vivemos.

Este é, talvez, o nosso maior equívoco. Esta é a raiz da grande crise civilizatória cuja marca de falência é o colapso ecológico e a desarmonia social. Nós continuamos a perpetuá-la inconscientemente.

Um dos efeitos colaterais desta falsa concepção de identidade separada é o de que é possível obter sucesso pessoal mesmo que isso implique a infelicidade do outro. Claramente, um equívoco.

Continue reading →

Posted by Felipe Tavares in Texto rápido, 2 comments
Quando é impossível visualizar o ano seguinte, o melhor a se fazer é construir bases sólidas

Quando é impossível visualizar o ano seguinte, o melhor a se fazer é construir bases sólidas

“Estamos vivendo tempos de incerteza.” Talvez esta seja a frase que você mais leu nas últimas semanas. É inevitável.

A pressão e a dor que estamos sentindo são reais. A crise múltipla é real. Todos os dias nos visita a urgência de amenizar as dores mais agudas que nos atinge. Devemos, claro, cuidar dessas dores. E devemos cuidar agora.

Mas tão necessário quanto é não se afogar na urgência dos problemas imediatos. Esta crise pode ser inesperada, mas não chega sem precedentes. É preciso respirar e cultivar clareza pois momentos difíceis como este estão reservados em qualquer cenário futuro.

Continue reading →

Posted by Felipe Tavares in Texto rápido, 0 comments

#11 About Regenesis Group and levels of paradigm | com Ben Haggard

Ouça no seu app favorito.

Este episódio é um fragmento do webinário Intro to Regenerative Development com os convidados Ben Haggard e Beatrice Ungard do Grupo Regenesis. Neste trecho Ben conta a história por trás do surgimento do grupo e descreve quatro níveis de paradigma e como isso se relaciona com a regeneração. Saiba mais sobre o Regenesis aqui: www.regenesisgroup.com

Posted by Felipe Tavares in Podcast, 0 comments
Coronavírus e o futuro em disputa

Coronavírus e o futuro em disputa

03/04/2020

Bem-vindos à intimidade latente do colapso global

Já está claro que o mundo não será o mesmo. A cultura, as instituições e as pessoas estão sendo profundamente afetadas. A pandemia nos atravessa e não há dúvidas que sairemos diferentes. Nos resta saber, agora, se sairemos seres humanos melhores ou piores.

Neste texto eu exploro o não saber e a incerteza, a necessidade de honrar a dor e não correr para saídas rápidas, o luto coletivo, o surgimento de uma nova janela de possibilidades, o futuro em disputa, a inteligência cega, o risco do totalitarismo e a mentalidade da guerra, a imaginação, a geração de sentido, o interser e futuros possíveis.

Continue reading →

Posted by Felipe Tavares in Artigo, 5 comments