Pensamento a partir de primeiros princípios

Coevolução newsletter #3

O pensamento a partir de primeiros princípios é uma forma de raciocínio que nos ajuda a fugir de hábitos mentais danosos e a remover ruídos.

Um primeiro princípio é uma proposição fundamental sobre algo. É uma verdade que se sustenta sozinha.

Para pensar a partir de primeiros princípios precisamos abandonar nossas pré-concepções e iniciar um processo de investigação a fim de  revelar o que é mais essencial, fundamental e verdadeiro sobre algo.

De maneira geral, pensamos por analogia, isto é, pensamos a partir de experiências anteriores e nos referimos e comparamos a coisas que já existem.

O desenvolvimento regenerativo utiliza o pensamento a partir de primeiros princípios na aplicação da sua metodologia. Se formos capazes de entender e assimilar os primeiros princípios dos sistemas vivos, teremos essa metodologia e infinitas outras a nosso serviço. Se focarmos nos métodos e ignorarmos os princípios, ficaremos cegos e presos a processos operacionais.

Em outras palavras, quando você realmente entende os princípios em ação, pode decidir se os métodos existentes fazem sentido ou não.

Outro grande poder desta forma de pensar é a sua capacidade de nos afastar de uma abordagem de melhoria incremental e nos colocar em um espaço de novas possibilidades.

O pensamento incremental é aquele construído a partir de experiências e deduções de outras pessoas, culturas e épocas. Isto é equivalente a deixar os outros pensarem por nós. Significa que estamos usando suas analogias, convenções e possibilidades conhecidas. Isso significa que herdamos um mundo que está de acordo com o que eles pensam.

Os pensamentos dos outros nos aprisionam se não estivermos pensando por nós mesmos.

“A ciência é uma forma de pensar muito mais do que um corpo de conhecimento.” – Carl sagan

Primeiros princípios da regeneração

É possível identificar primeiros princípios em diferentes áreas do conhecimento. Para trabalharmos com sistemas vivos, Carol Sanford propôs os primeiros princípios da regeneração: integralidade, aninhamento, essência, potencial, desenvolvimento, intervenção nodal e campos de energia.

Para o princípio de aninhamento, por exemplo, temos como premissa básica o fato de que a vida se organiza em sistemas aninhados, ou seja, sistemas dentro de sistemas e que possuem como características centrais a interdependência e a nutrição recíproca.

Em diferentes projetos e atividades podemos aprofundar nosso entendimento e construir o pensamento a partir deste princípio.

Na trilha de aprendizagem Introdução ao paradigma regenerativo (na nossa comunidade de aprendizagem online) investigamos em detalhes cada um dos primeiros princípios da regeneração.

Reflexões

  • Um primeiro princípio é uma proposição fundamental sobre algo. É uma verdade cuidadosamente construída que se sustenta sozinha.
  • Para pensar a partir de primeiros princípios precisamos atravessar um processo de investigação para revelar o que é mais essencial, fundamental e verdadeiro sobre algo.
  • Pensar por analogia é pensar a partir de experiências anteriores e convenções passadas.
  • Pensar através de primeiros princípios nos ajuda a tocar o potencial criativo do lugar em que estamos atuando.
  •  Ao assimilar os primeiros princípios de um campo de conhecimento, temos as metodologias a nosso favor. Ao assimilarmos os métodos e ignorarmos os princípios, temos os métodos como fator limitante.

 


Amplie suas capacidades para a transformação sistêmica

Coevolução é uma newsletter semanal para pessoas que acreditam ter um papel a desempenhar na construção de um mundo viável. Você receberá ideias e ferramentas sofisticadas para o desenvolvimento de capacidades orientadas pelo paradigma regenerativo. Assine aqui.

Posted by Felipe Tavares

Trabalho para conciliar o desenvolvimento social com a inteligência dos sistemas vivos. Acredito que a sustentabilidade começa com uma mudança de pensamento e não de técnicas.

Deixe uma resposta