Como vocês se atrevem?

O mundo está sendo sacudido por uma voz contundente. Improvável e contundente.
 
Emocionada, como quem sente a dor da perda, Greta Thunberg explode sua mensagem no colo dos líderes da decadente sociedade industrial: “está tudo errado”.
 
Está tudo errado, e ainda assim governantes são incapazes de encarar com seriedade o descompasso desastroso do metabolismo industrial com a inteligência dos sistemas vivos.
 
“Como vocês se atrevem? Vocês roubaram meus sonhos e minha infância com as suas palavras vazias. Pessoas estão sofrendo. Estamos no começo de uma extinção em massa, ecossistemas estão colapsando e tudo o que vocês conseguem é falar sobre mitos de crescimento econômico eterno. Como vocês se atrevem?”
 
Como se atrevem a subsidiar a indústria fóssil? Como se atrevem a colocar lucros corporativos acima da integridade da vida no planeta? Como se atrevem a negar o inegável?
 
A nova geração, a geração da rebelião pelo clima, coloca o dedo na cara da cúpula global e brada: “cresça!”. Cresça e tenha a seriedade de uma criança.
 
Assim, a geração de Greta toma para si a liderança e faz a maior inflexão da história. Uma virada que coloca crianças e adolescentes em um novo papel, o papel de assumir as responsabilidades que as outras gerações já deveriam ter assumido há tempos.
 
Greta Thunberg, uma voz contundente. Improvável e contundente.

Posted by Felipe Tavares

Trabalho para conciliar o desenvolvimento social com a inteligência dos sistemas vivos. Acredito que a sustentabilidade começa com uma mudança de pensamento e não de técnicas.
  
 

Deixe uma resposta